sábado, 25 de abril de 2009

'As escolhas..

Desde pequenos somos incentivados a pensar no que vamos querer ser quando "crescermos". Uns, desde o inicio, já sabem o que querem e permanecem com isso na mente até se concluir, outros (assim como eu) mudam de gostos com frequência, tem suas várias paixões e a cada etapa da vida, querem algo diferente.
Na quarta eu e a Thata, minha melhor amiga, estávamos assistindo a um documentário médico que era cheio de cenas hospitalares e afins. Eu não assisti nem 5min. dele, só pude ouvir o que diziam.. não aguentava ver as cenas de cirurgias e muito menos o sangue. Tenho pavor a machucados! Já a Thais, tranquilamente o assistia, me explicava os termos técnicos e se animava a cada nova cirurgia apresentada...
Por outro lado, certo dia estávamos em uma aula de sociologia na escola, o professor falava sobre a época da ditadura e dos problemas que ele, por exemplo, passava, sendo de esquerda e tal. Bem, ela dormiu quase que a aula inteira, não conseguia prestar a atenção, achava chato. Já eu, gravava tudo o que ele falava, achava o máximo.
Isso me fez pensar em como algumas pessoas nascem meio que com o dom para certas coisas. Ela por exemplo, nasceu com o dom da medicina, é o que ela ama, o que desde pequena sempre chamou sua atenção.. eu por outro lado, nunca tive definido o que queria ser, já quis ser um pouco de tudo. A principio, professora, com o tempo a ciência foi chamando a minha atenção e mudei de área uma zilhões de vezes! Quis ser geóloga, paleontóloga, astrônoma, cosmóloga, bióloga, geneticista, cientista da computação (?), enfim, um pouco de tudo e por fim me decidi a fazer história. Não sei se vai ser o certo, mas é a que mais me dá prazer em estudar e umas das poucas que eu quero que não tem matemática envolvida! :D
Bem, resumindo.. eu achei interessante como que para umas pessoas certas coisas são fantásticas, enquanto que para outras não faz o menor sentido. Certas pessoas tem o dom para uma determinada área e sabem disso desde cedo, enquanto que para outras, há um longo caminho até a escolha final...

Beem, é isso.. posto algo melhor na segunda! :)
Obrigada por lerem o blog e por comentarem!
Adoroo vocês! *-----*
Beeeijos. ;*


Ps.: 'eu fiz uma amiga no Japão e um na China pelo MySpace ! tãao empolgada! É muito divertido conversar com eles! :)

15 comentários:

maria. c disse...

parece-me que sou bem pareçida com voce, haha.
nunca soube o que queria, e nem despertei muitos talentos, mas de um tempo pra cá, tenho uma vontade absurda de fazer historia, ou filosofia, alguns criticam porque seguir carreira academica não deve ser o emprego mais empolgante, mas eu gosto tanto.
beijão, adorei seu texto;

Lady Vanilla disse...

Ah legal... eu também tive a minha fase revolta, onde eu não sabia o que queria da vida... mas eu comecei a explorar minhas qualidades e meus defeitos, também, para saber o que melhor se adequa ao meu jeito... encontrei a Psicologia, que me completa como pessoa e me prepara para a vida, seja pessoal ou profissional. Já que você gosta da História, se dedique e curta tudo!!! Bjus Rosi!!!

Lili disse...

Eu sou que nem voçê...
muito louco...
e hoje to fazendo facul e ainde tenho minhas duvidas...
mas ainda sou nova tenho só 17...
tenho tempo...
rsrsrsrsr...
bjus

Lili disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
dand disse...

Hey Judeee..Eu já estou na minha 3ª faculdade e ainda não achei minha vocação..Aff..Eu gosto um pouco de cada acoisa..a única coisa que
eu detesto é medicina pq eu desmaio passo mal vendo sangue..machucado..é um horror..
Eu acho que minha vocação é pra arte, estou prestes a descobri isso. eu acho que ser diretor de cinema é minha vocação..num sei..quem sabe né?
bjooss

Tamires B. disse...

Eu tbm sou assim indecisa, *.o
OIHOIEHEOIEHOEIH'
Quando era pequena queria ser veterinária, mas acho que éra só por causa da minha paixão por animas, aí agora quero ser arquiteta, para ver como os gostos mudam... :D

:*

Varda disse...

Eu quero ser hippie e viajar por ai,só com uma mochila nas costas!!
=)

;*

Hello Again disse...

Realmente de uns tempos pra cá que eu realmente fui começar a pensar no que eu vou fazer ... eu tenho uma facilidade pra aprender qualquer tipo de língua, vou procurar explorar isso.Pelo modo que você escreve se pode perceber que você realmente tem opnião e uma ótima capacidade de interpretação e redação. Devido a isso eu acho que você seria realmente uma ótima professora de história, ou talvez quem sabe jornalista (olha eu aqui dando opnião :$ Foi malz)

Luke Souza disse...

Indecisãão...
Eu tbm ja pensei em fazer paleontologia, e genetica...
A unca shit é ki genética é só depois de biologiaa... (pós no caso)
Ja pensei em fazer tantas coisas que as veses eu acho ki num vou fazer é nada...
Porem eu creio ki ainda tenha muitos anos na life pra escolher...
E se nada der certo viro hippie!
[/escreve assim?\]
HAUShaSU

Muito bom o Blog og...
ps: A thais quer fazer medicina?
nunca a imaginei como médica!
ahsuahs

See you!
Do seu leitor de sempre!

Lilah Poynter disse...

Ahhh, primeiro: acho que eu nunca falei, mas eu adoro teu calendário humano! uasauhasusaah
hoje eu ri mto com ele ^^
usahsuhsauhsasaah

e heeey, adorei o post tbm e concordo com o q vc disse, tipo... eu nunca soube direito o que fazer, mas acabei optando por arquitetura, já que me chamou a atenção... e tô amando!
asuhasuahsuashusaah
engraçado que quando somos pequenas sempre queremos ser professoras neah?
uashsushausahah

x*

Pedro Latini ; disse...

É rosi como vc bem sabe ja tem um bom tempo q eu decidi o q iria fazer... tenha a certeza vc escolheu a area certa; auhsauhsasa
nem sei poq neh?! rsrs
Beijão linda
pS.: A postagem nao esta nada de lixo como a senhorita me disse... ta otimo o blog. ;)

Hamima - kun (>'-')^ disse...

Bem Rosi eu acho que depende um pouquinho tambem, se formos analisar os melhores proficionais un dia tiveram a chance de poder esperimenter a profisão que exerce.
Tomamos como exemplo o GUGA, ele um dia teve contato com a bola de tenis.
Se eu nunca tivesse saido da minha cidade para fazer um curço de elétrica, e não me apaixonaria por isso. Acho que alé de dons, nós tbm devemos ter oportunidades.

bjs

Nêssa Barbosa ♥ !* disse...

Realmente Rô, é incrivel como as pessoas possuem gostos diferentes, dons diferentes, acho que essa que é a graça da viida !

Eu sou fascinada por direito e jornalismo desde meus 7 anos, e pretendo fazer faculdade dos doois.. mas tem mta gente que não vê graça nenhuma nessas profissões ! rsrsrs booa soorte ai nas suas escolhas ! :D

beiiijinhos ;*

www.divinaefeminina.blogspot.com

Gabriel Leite disse...

Se o mundo não fosse assim, se as pessoas não fossem diferentes, nada teria graça nem faria sentido.

Lucas Vallim disse...

Ótimo texto, moça! Retratou direitinho o que se passa em nossas cebaças, perto de época de faculdade!

Estou te adicionando à minha lista de blogs. Se quiser me add também pode ficar à vontade!

Até logo! Voltarei mais vezes.